Looking forward to…

… kissing under the cherry trees in Petřín – the Czech celebration of love on May 1st.DSC06088_3648x2736

And you? What are you looking forward to?


THIS POST IS PART OF A SERIES, COMBINING SNAPSHOTS AND EXPECTATION. See more HERE

Anúncios

Viajando para o inverno

Às vezes parece que Praga esteve situada numa bolha essa estação. Era fevereiro quando, depois de rodar alguns quilômetros, encontramos o inverno que existia além dos limites da bolha.  Um mundo branco, frio e belo. Parecia que para que estávamos viajando para o inverno. Quando vi um lago congelado (algo não tão comum por aqui), fiquei embasbacada, grudada na janela do onibus, incapaz de uma foto para lembrar/compartilhar.

Mas o inverno era mesmo o nosso destino de viagem e aquele domingo amanheceu assim

IMG-20150208-WA0003 … como diria Záfon, um domingo coberto da caspa de deus. image Mais um fim de semana que chega, mais uma vez na estrada, contudo quero acreditar nos homens do tempo que dizem que estamos rumando para uma primavera de 10°C. Tomara, tomara, tomara, amém 😀 Bom fim de semana pra vocês!!

Águas de Março

Quando, no domingo, amanheceu em nosso quarto, saudei-o com o usual ‘Bom dia’ seguido da simples observação ‘É março!’. A resposta foi apenas uma palavra, pronunciada com todo entusiasmo que pode caber numa manhã de domingo. A palavra?!

PRIMAVERA
2015-02-14-121
São as águas de março trazendo o milagre da primavera, e não a fechar o verão. Mas independente disso…

Sakura (Czech version)

Sakura, ou o desabrochar das flores de cerejeira.

Um momento tão importante na cultura japonesa que é quase como se houvesse um intervalo na vida cotidiana para contemplá-las.

“A flor desabrocha, resplandece de brancura, no instante seguinte não existe mais. Pétala após pétala, ela morre, o vento a expulsa, como nós…”
(Catherine Clément – A viagem de Théo)

Não sei dizer quando foi que me apaixonei pelas cerejeiras – terá sido depois de Théo? O que me diz amigo M.?

Vim falar das cerejeiras, não porque suas flores estiveram enfeitando as ruas de Praga durante boa parte do mês de abril. Vim falar de sakura pois também os tchecos fazem notar a beleza efêmera dessas flores; hoje, 1° de maio…den lásky, dia do amor. Em Praga, rejuvenescer o amor é subir o monte do parque Petřín, beijar sob as cerejeiras em flor ou ainda, oferecer flores à estátua de Karel Hynek Mácha e assim ganhar as bençãos do poeta.

DSC06328_2736x3648

É claro que fui até lá pra garantir a juventude do amor, mas das cerejeiras…nem flores, nem cerejas. Na verdade, o dia do amor não teve sequer céu azul. O que não significa que Petřín deixou de ver casais, beijos e festa. O que não significa também que deixo de ter meu registro de sakura.

(a caminho do trabalho)

(a caminho do trabalho)

As fotos que seguem, registro de uma caminhada por ruelas da vizinhança num domingo de sol, mostram que até mesmo uma câmera compacta pode fazer muito mais que o automático quando nas mãos da pessoa certa – no caso, meu respectivo. Obrigada, namorado 🙂

DSC06088_3648x2736

DSC06101_3648x2736 DSC06092_3648x2736 DSC06099_3648x2736

“Como nos dias de nossa vida vai-se a flor da cerejeira”
“É preciso amar o presente”
(trecho de A viagem de Théo)

Officially?!

Photo0260

Oficialmente Primavera! Foi difícil acreditar quando na celebração do tão esperado ‘evento’, o equinócio, o dia se mostrou frio e cinza através da vidraça molhada. Tamanha propaganda pra, no fim das contas, o sol nem dar as caras no que seria o marco do início da primavera.

Reclamações a parte, com ou sem sol, a primavera é oficial. E em meio a tantas arvores ainda nuas, as cabeludas da Malostranská de tão verdes parecem nem ter visto inverno. Foram as últimas a perderem o viço e são agora as primeiras a se exibirem.

Faço votos de que a cabeleira verde sirva de inspiração às demais companheiras arvores 😉

DSC06051_3648x2736