#AugustBreak – dia 11: One wish

Just one?!

Achei que deveria ser um desejo altruísta, mas meu desejo é simples e egoísta:
o que mais quero mesmo e de verdade é tirar essas moças de dentro da tela do celular e dar-lhes um longo abraço 🙂

 

#AugustBreak2017

 

Anúncios

#AugustBreak – dia 1: Morning

aug01

7 am? Ou serão apenas 6 da matina? Sei que já é dia pois as cortinas deixam entrever um raio de sol. Cortinas grossas sim, mas não o bastante para impedir o eco do cortador de grama que ruge lá fora. Dormir. Acordar. O alarme toca. São 7:15 am. Apesar da névoa em meus olhos embaçados, vejo que ele se levanta. O tintilar dos copos e talheres na cozinha chegam até mim como uma canção de ninar. Então o aroma do café vem me tirar da cama. Tal qual personagem de desenho animado, sigo flutuando de encontro ao café guiada por seu perfume hipnotizante. Caneca em mãos, o primeiro, o segundo gole… desperto. Assim começa mais um dia.

#AugustBreak2017

 

Um dia mais ou menos

+ acordar com a sensação de uma noite bem dormida
– acordar!
+ ser “salva” pelos 15 minutos de atraso do onibus das 8:20
– trânsito
+ escritorio só pra mim (livre para cantar ♪♫♪)
+ última revisão do artigo, quase pronta para submeter
+ o diretor anunciar sexta-feira de folga
– descobrir que a tal folga é mera resposta ao caos que se espera na cidade (dada a reunião do comitê da União Europeia), ou seja, quase um toque de recolher
+ de toda forma, uma sexta de folga poderia virar uma escapadela da cidade
– cair na real de que a folga é só sua (portanto, a escapadela não irá longe)
– almoço: salada com queijo super salgado e azeitona sem gosto
+ encomendar o almoço do dia seguinte: frango assado
– descobrir que “frango assado” foi apenas seu erro de tradução, almoço de amanhã: fígado de frango
– última revisão do artigo, encontrar um erro matemático
– menos um teorema
– menos uma seção no artigo
+ o artigo ainda se sustenta (mas será que ainda posso chamar de “artigo”?)
– informar o erro aos outros colaboradores
+ otimismo, procurar uma demonstração alternativa
– solução? nada!
+ fim do expediente
– fim do expediente (de um dia pouco produtivo)
+ namorido lhe trazer uma empada doce (servida na festa do trabalho dele)
+ pronta para comprar livros usando milhas acumaladas de vôos aqui e acolá
– descobrir que metade das milhas expiraram dois dias atrás
+ ainda restar 2775 milhas (um livro e meio?!)
– o site não funcionar, nada de compras
– vida de Amélia
+ ter um ajudante para esses momentos Amélia
+ ir pra cama
– sem de fato “ir pra cama”

Saldo final? Positivo? Negativo?
Vamos combinar que esse foi apenas um dia mais ou menos.