Fat Tuesday (ou uma estória de koblihy)

Kobliha – a versão tcheca dos donuts

Kobliha. Eu costumava ser freguesa nos meus tempos de solteira (ironicamente, quase sempre mandava ver uma kobliha logo depois de malhar). Então me amarrei num tcheco que tem parâmetros elevados no julgamento do que seria uma dobrá (boa) kobliha. E foi assim que nos distanciamos; kobliha e eu.

Dias atrás lembrei com saudades daquela bolota recheada de calorias. Sei que o tcheco faria o sermão como-tudo-era-mais-saboroso-antigamente, mas pera lá: essa que vos escreve tem seus dias de cozinheira. Resolvido, eu mesma faria minhas koblihy (kobliha no plural). E foi na busca por uma receita que percebi que essa minha vontade de koblihy estava escrita nas estrelas**:

Masopustní koblihy

Foi sob esse nome que encontrei grande parte das receitas… e não é que Masopust é um equivalente do carnaval para os tchecos? Sendo assim Masopustní koblihy seriam donuts de carnaval (em tradução livre). Por mais tradutor que eu usasse, não encontrei maiores explicações dos ‘porquês’ de um donut no carnaval. Sejam quais forem os motivos, comparei receitas e me dediquei a criar as pecaminosas delícias.

Coincidência das coincidências, assim que sentei pra escrever este post de gordices me dei conta de que hoje é Mardi Gras, ou seja, Fat Tuesday, ou seja um terça-feira (ainda mais) gorda agora 😉

** Para aqueles que, como eu, ficaram cantando Tetê Espindola ao passarem pela frase ‘escrito nas estrelas’, clique AQUI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s