Criando monstros (ou vamos falar de cadernos)

imageedit_1_6662685669

Pouca escrita por aqui, hein? Isso é mero reflexo do meu eu sem um journal em 2017. Até comecei um caderninho que (bobocamente) chamo “365 drops of happiness”. Ali venho coletando um paragrafo, uma frase ou uma palavra que represente aquilo que me fez sorrir a cada dia (so far so good). Mas um journal, com os detalhes suculentos (doces ou lacrimosos), esse ainda não aconteceu.

Claro que a urgencia de um journal aumenta com o fato de eu estar viajando. Aí entrei numa loja (com varias inutilidades maravilhosas) e comprei o caderno da foto.

Paginas em branco como gosto, tudo cheirando a novo… pergunta se escrevi?! NADA. Não consigo. Bloqueio criativo? Creio que não.

Se eu contar meus porquês, promete não rir?

Ok, lá vai… estou inimidada. Pois é, intimidada. A frase da capa que me pareceu tão esplendida, agora me assusta: “Caderno com superpoderes para ter grandes ideias”

Grandes ideas?! Eu?! Sou 1.59 m de pura dúvida.

Ainda preciso de um journal. Talvez para isso deva esquecer a liberdade das folhas brancas e aceitar andar na linha (mesmo que sejam apenas nas linhas de um caderno). Afinal o diário dos ultimos dias, minhas impressões de Santiago, agora seguem pelo correio nos cartões postais que despachei. Não posso continuar assim… haja cartões postais

Quanto a libreta con superpoderes?! Essa continuará na mesa, me atraindo e repelindo.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s